As gangues mais perigosas da América

As gangues de mais perigosas da américa (1)
A América pode estar ficando cada vez mais segura, mas as gangues estão se expandindo e se tornando mais violentas, representando uma ameaça cada vez maior em todo o país, de acordo com um relatório de 2011 do FBI.

Estima-se que 1,4 milhões de americanos pertencem a mais de 33 mil gangues diferentes, e juntas, são responsáveis ​​por 48% dos crimes violentos no país. Confira as gangues mais perigosas da América.

Aztecas

As gangues de mais perigosas da américa (2)
Os “Los Aztecas” do Texas são uma força paramilitar poderosa em ambos os lados da fronteira com o méxico. Muitos dos membros da gangue são recrutados de prisões do Texas (EUA). algumas das atividades mais notório da organização são dentro dos muros da prisão.

Os Aztecas trabalham com os cartéis de Juárez e Los Zetas, vendendo drogas e fazendo contrabando de estrangeiros ilegais. Membros da gangue também teriam assassinado funcionários do consulado americano. A turma tem uma estrutura militar, que ajudou a manter a ordem rígida.

Em março de 2011, 35 membros da quadrilha foram acusados ​​de uma série de crimes, incluindo o assassinato de um empregado do consulado dos EUA e vários membros da família.

Somalianos

As gangues de mais perigosas da américa (4)
Gangues da Somália surgiram em muitas cidades dos EUA, incluindo Seattle, San Diego e Minneapolis, que tem uma história acolhedora de refugiados da Somália.

Enquanto alguns imigrantes somalianos se tornam Blood ou Crip, duas das gangues com mais números de integrantes nos EUA, alguns somalianos estão se unindo por todo o país. Eles muitas vezes experimentam tensão com outras gangues afro-americanas, tais como grupos compostos de refugiados etíopes.

Os somalianos foram envolvidos em tráfico ilícito de pessoas, tráfico de seres humanos, fraude de cartão de crédito, prostituição e crime violento. Minneapolis continua a ter problemas com gangues somalianas. Durante o verão, uma série de tiroteios entre somalianos e outras gangues, despertou temores em Minnesota (EUA).

Florencia 13

As gangues de mais perigosas da américa (5)
Florencia 13 trabalha em estreita colaboração com a máfia mexicana e é um rival da gangue 18th Street. Florencia 13 é parte de uma cena terrível guerra de gangues em Los Angeles, e também tem influência nos estados mais rurais, como Virgínia e Iowa.

Os membros de gangue foram acusados ​​de crimes que vão de pirataria para a venda de drogas e assassinatos. Em agosto, três dezenas de membros da Florencia 13 foram acusados ​​de extorsão e venda drogas. Na época, o Los Angeles Times informou que a quadrilha supostamente “controla áreas do Condado de Los Angeles” e teve postos lá por tráfico de drogas e jogo ilegal.

Mara Salvatrucha (MS-13)

As gangues de mais perigosas da américa (6)
A quadrilha que começou com refugiados salvadorenhos, incluindo muitos ex-soldados, se ramificou em extorsão e tráfico de seres humanos, de acordo com o Times. MS-13 também é conhecido por crimes particularmente horríveis, incluindo esquartejar uma grávida, informante da polícia de 17 anos de idade, até a morte.

A Mara 13 atualmente é a gangue mais temida dos EUA, não só pelo números de membros, mas também pelos atos criminosos e cruéis .

18th Street, uma gangue transnacional de Los Angeles.

As gangues de mais perigosas da américa (8)
Uma das gangues”Sureño” mais conhecidas no sul da Califórnia, a 18th Street Gang é uma empresa violenta ligada principalmente a venda de metanfetamina.

A quadrilha é um dos grupos criminosos mais rápidos em expansão no país, com um alcance que se estende por 32 estados.

Os 18th Street têm sido ligados a homicídio, extorsão, tráfico ilícito de pessoas, tráfico de drogas e roubo de carros.

Latin King Nation

As gangues de mais perigosas da américa (9)
Formada em Chicago nos anos 40 , a poderosa Latin King Nation (ALKN) tem uma estrutura estritamente organizada e é um dos maiores grupos hispânicos dos EUA. A influência do grupo se estende a 34 estados, com uma estimativa de 18 mil membros só em Chicago.

Mafia Mexicana

As gangues de mais perigosas da américa (10)
A maioria do membros latinos de gangues no sul da califórnia jogam de lado suas antigas rivalidades atrás das grades e se unem a Mafia Mexicana.A máfia mexicana, nasceu em uma instituição correcional juvenil em Tracy, na Califórnia na década de 1950, mas ampliou seu alcance para o Arizona, Novo México e Texas.

O controle é descentralizado, com centenas de agentes nas prisões em todo os EUA.Cada chefe de unidade tem o poder de ordenar seguidores a matar os guardas e outros inimigos. Eles também fazem o tráfico de drogas dentro das instituições.

Recentemente, dois moradores de Los Angeles com supostas ligações com a máfia mexicana afirmou que eles estavam lutando na Síria ao lado das forças leais ao presidente Bashar Assad.

Mongols MC

As gangues de mais perigosas da américa (11)
Assim como algumas gangues de motociclistas que se unem para quebrar a lei, os mongóis identificam-se orgulhosamente como “1%”, esta designação é um golpe ao American Motorcycle Association, que afirmou que 99% dos ciclistas são cidadãos cumpridores da lei.

Em 2008, uma investigação federal de três anos resultou na prisão de 61 mongóis criminosos. Os crimes relatados incluem extorsão, assassinato, tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Mais recentemente, um membro dos mongóis pegou duas penas de prisão perpétua pelo assassinato de Mark “Papa” Guardado, o presidente dos Hells Angels de San Francisco.

Hermanos Pistoleros Latinos

As gangues de mais perigosas da américa (15)
Outra gangue de prisão, os Pistoleros Latinos, foi criada e agora domina as pisões do Texas. Fora da prisão , o grupo latino-americano é dono das ruas de Laredo, no sul do estado, e tem fortes laços con traficantes de drogas mexicanos através da fronteira.
O líder do grupo , Jesus Espinosa, está cumprindo uma sentença de prisão perpétua por tráfico de drogas.

Os Pistoleros Latinos são conhecidos por serem grandes importadores e vendedores de cocaína e maconha . Em dezembro de 2013, outro dos líderes da quadrilha preso depois de ser pego com grande quantidade de drogras.

A quadrilha também tem sido associada a assaltos armados, roubo de carros,jogos de azar na prisão, esquemas de proteção, assaltos reclusos, intimidação de funcionários e múltiplos assassinatos.

Trinitarios

As gangues de mais perigosas da américa (16)
Formada em sistema prisional de Nova York na década de 1980, os Trinitarios são ultra-violentos e rapidamente se espalharam para as ruas da cidade e trouxeram habilidades novas e mortais. Sua influência é agora sentida em todos os cinco distritos de Nova York e em pelo menos 10 estados.

A quadrilha predominantemente Dominicana tem rivalidades mortais com os Bloods e Crips. Ela também é conhecida por recrutar membros em escolas secundárias em toda a Nova York e Nova Jersey. Em dezembro de 2012, dezenas de membros Trinitarios no Bronx foram acusados ​​de nove assassinatos e 24 tentativas de homicídio.

Vagos MC

As gangues de mais perigosas da américa (17)
Originalmente conhecido como “O Psicopatas”, os Vagos MC é uma organização criminosa violenta ativa na Califórnia, Havaí, Nevada, Oregon, e no México.

Com membros que serviram nas forças armadas, os Vagos são notoriamente implacáveis com seus inimigos e declararam guerra à qualquer custo.

A gangue é conhecida pela produção e venda de entorpecentes, assalto, extorsão, fraude de seguros, lavagem de dinheiro, assassinato, roubo de veículo, intimidação de testemunhas e violações de armas.

Wheels of Soul MC

As gangues de mais perigosas da américa (18)
Os Wheels of Soul afirmam ser o maior clube de motoqueiros de raça mista dos Estados unidos com 400 membros em 25 estados. (Os Hells Angels, um clube muito maior, supostamente não possui membros negros.)

Os Wheels of Soul sofreram baixas maciças através de longas penas de prisão garantidas para manter os membros da gangue fora da rua.

Veja Também



Resumo da Net © 2018