Grávida cega "vê" seu bebê pela primeira através da impressão 3D

blind-pregnant-woman-first-look-unborn-son-3d-printing-ultrasound-huggies-8
A impressão 3D está abrindo várias novas oportunidades para os cegos poderem “ver” o mundo ao seu redor, mas em nenhum lugar você vai encontrar uma história mais comovente do que a história da futura mãe Tatiana Guerra. A impressão 3D do busto do bebê de Tatiana fez com que ela pudesse sentir o rosto de seu filho antes mesmo dele nascer.

Durante a gravidez, os exames de ultra-sonografia, que permitem os pais e doutores observarem o bebê que está por vir, são momentos realmente especiais. No entanto, Tatiana Guerra, uma brasileira de 30 anos de idade, e que ficou cega aos 17 anos de idade, não seria capaz de ver o ultra-som por conta de sua deficiência visual. Mas com a ajuda da impressão 3D provida pela marca de fraldas Huggies, os doutores poderam surpreendê-la com o busto de seu filho Murilo que ainda está por nascer. Confira.

Tatiana pensou que nunca teria este prazer
blind-pregnant-woman-first-look-unborn-son-3d-printing-ultrasound-huggies-4

Como surpresa, os doutores imprimiram o ultra-som de Murilo e deram para a mamãe
blind-pregnant-woman-first-look-unborn-son-3d-printing-ultrasound-huggies-5

blind-pregnant-woman-first-look-unborn-son-3d-printing-ultrasound-huggies-1

Veja Também



Resumo da Net © 2018