Veja como Michael Jackson estaria hoje em dia sem as cirurgias plásticas

Embora ele tenha negado isso até o último dia de sua vida, não há dúvida de que Michael Jackson sofreu uma grande quantidade de cirurgias durante sua vida.

Ele mudou completamente a sua pele, bem como toda a estrutura de seu rosto, a um grau tão drástico que é quase impossível acreditar que o homem branco que vimos no final de sua vida era a mesma criança negra que ganhou o coração de milhões de pessoas no início de sua carreira.

Michael passou por uma variedade de cirurgias que incluíam implantes na bochecha, branqueamento da pele, reestruturação do queixo, botox, enchimentos e aumento de lábios. Ele também parecia ter múltiplas operações no nariz, que ficou mais fino e mais pontudo com o passar do tempo, aparentemente até ao o ponto em que suas vias aéreas estavam bloqueadas.

Não há dúvida de que as cirurgias de Michael Jackson foram devido a uma razão mais profunda do que apenas uma pura vaidade, a estrela sofreu abuso infantil e parecia lutar com sua riqueza e popularidade desde o início.Parecia que Jackson lutaria para sempre contra sua identidade e transtorno dismórfico corporal, o que, por sua vez, levou à sua imagem estranha.

No entanto, uma simulação de ‘como o rosto de Michael Jackson estaria hoje em dia sem as cirurgias plásticas‘ surgiu em um documentário e é bastante chocante.

No documentário The 10 Faces of Michael Jackson, a irmã de Jackson, La Toya, diz que Michael estava inicialmente tão nervoso com sua primeira rinoplastia, que ele a pediu para fazer primeiro para ver como era e se doía.

“Ele queria fazer o nariz dele… Ele continuou dizendo: ‘O que você acha? O que você acha?’ Eu disse: Michael, se é isso que você quer, se isso vai fazer você se sentir melhor, faça isso.”, contou a Irmã de Michael Jackson.

“Você pode ser minha cobaia? Faz você primeiro pra eu ver como é, e se dói.”, disse Michael.

Depois de estar satisfeito com os resultados de La Toya, Michael decidiu prosseguir e começar a operação em 1979, e esta operação deu início a sua jornada no mundo da cirurgia plástica.

Apesar da mudança drástica de sua aparência, Jackson sempre negou que tenha feito alguma outra cirurgia, além de uma no nariz.

Em uma entrevista, Michael Jackson disse: “Eu não fiz nenhuma cirurgia plástica no meu rosto, apenas meu nariz. Isso me ajudou a respirar melhor para que eu possa acertar notas mais altas. Estou lhe dizendo a verdade sincera, não fiz nada na minha cara”.

No entanto, o Dr. Eda Gorbis, especialista em distúrbios dismórficos corporais, acredita que Jackson poderia ter tido até 100 procedimentos cirurgicos e mostrou as características da doença, em que os sofredores têm uma visão distorcida de sua aparência.

A parte mais impressionante do documentário veio quando os especialistas que examinaram o rosto de Michael revelaram como seria, hoje em dia, o rosto de Michael Jackson sem as cirurgias plásticas.

A imagem abaixo, de um homem negro com um sorriso caloroso é bem contrastante com o Michael Jackson nos ultimos dias de vida. Michael claramente tinha seus “demônios”, e parece que ele teve muita frustração e insegurança com sua própria imagem.

É assim que Michael Jackson estaria hoje em dia sem as cirurgias plásticas: