Conheça 5 produtos e alimentos do nosso dia-a-dia que são radioativos

Você está exposto à radioatividade  todos os dias, muitas vezes pelos alimentos que você come e os produtos que você usa.

Alguns desses objetos podem representar um risco para a saúde, mas a maioria deles são  inofensivos. Em todo caso, uma voltinha de avião pode nos expor muito mais à radiação do que qualquer um desses objetos. Ainda assim, é bom conhece-los.

 

Confira alguns produtos e alimentos do nosso dia-a-dia que são radioativos

 

Cerveja

Uma cerveja contém, em média, cerca de 390 pCi/kg do isótopo de potássio-40. Todos os alimentos que contêm potássio tem alguma quantidade desse isótopo, que é naturalmente radioativo. Assustador não é?

Castanha-do-pará

A castanha-do-pará é simplesmente o alimento mais radioativo dessa lista. Elas possuem cerca de 5.600 pCi/kg de potássio-40 e de 1.000 à 7.000 pCi/kg de rádio-226. Embora o rádio não seja retido pelo corpo por muito tempo, as nozes são aproximadamente 1.000 vezes mais radioativas do que outros alimentos.

Bananas

As bananas são naturalmente ricas em potássio. Como já foi dito acima, todos os alimentos com potássio em sua composição também tem o isótopo radioativo de potássio-40, de modo que as bananas são ligeiramente radioativas. A banana em média contém cerca de 450 mg de potássio. Não é algo de que você precisa se preocupar, a menos que você coma 10 kg dessa fruta por dia.

Lâmpadas fluorecentes

Algumas lâmpadas fluorescentes contêm uma pequena quantidade de krypton-85, um elemento radioativo com meia-vida de 10,4 anos. O isótopo radioativo não é uma preocupação, a menos que a lâmpada esteja quebrada. Mesmo assim, a toxicidade de outros produtos químicos presentes nessas lâmpadas geralmente supera qualquer risco de radioatividade.

Algumas pedras preciosas

Algumas pedras preciosas, como o zircão , são naturalmente radioativas. Além disso, várias pedras preciosas podem ser bombardeadas com nêutrons para melhorar sua cor e brilho. Exemplos de pedras preciosas que podem ser melhoradas pelo bombardeio de nêutrons incluem berilo, turmalina e topázio.

Fonte: thoughtco