As armas medievais mais terríveis e mortais

As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (8)

Quando você pensa em tempos medievais, você provavelmente pensa em pragas, fome e batalhas. Tecnicamente, a Idade Média é um outro nome para o período Medieval, que durou do século V ao século 15. 
Realmente havia um monte de coisas assustadoras e brutais que aconteceram naquela época. E para você ter uma ideia de como era, basta olhar para essas armas brutais usadas na época:


 
Trabucos: Estas armas eram capazes de lançar munição destrutiva (rochas, explosivos, cadáveres, ou qualquer outra coisa) contra os inimigos usando contrapesos. O trabuco de contrapeso apareceu em países cristãos e muçulmanos ao redor do Mediterrâneo. Ele podia lançar 140 quilos de projéteis a altas velocidades em fortificações inimigas a até meia milha de distância e eram relativamente precisos.
As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (14)
 
Carruagem-foice: Soldados montavam nestas carruagens para tentar cortar seus inimigos (literalmente) andando sobre eles. As lâminas presas às rodas produziam danos fatais.
As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (12)
 
Piques: Imagine ser espetado com uma dessas lâminas afiadas… O pique consistia de uma lança de aproximadamente 3 à 5 metros, com uma ponta de metal. O pique era a principal arma utilizada contra a cavalaria inimiga.
As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (11)
 
Óleo fervente: Jogar óleo fervente sobre inimigos era uma prática comum.
As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (10)
 
Estrela da manhã: A característica principal é uma protuberância esférica com espinhos, pregos ou cravos de ferro.
As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (9)
 
Mancatchers: Estas eram usados ​​para literalmente rasgar os homens que estavam andando a cavalo.
As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (8)
 
Escudos Lanterna: Estes escudos serviam para vários propósitos. Não só eles poderiam bloquear ataques, mas também eram equipados com lâminas, lanças e serrilhas. Se alguém se aproximasse de um soldado com este escudo, ficaria em muito momento nada agradável.
As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (7)
 
Hunga Mungas: Eles podem parecer bobagem, mas essas lâminas curvas com vários pontos não estavam para brincadeiras. Este tipo de lâmina era lançado diretamente no inimigo.
As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (6)
 
Corpos mortos: Durante um cerco, o exército invasor podia usar cadáveres para envenenar o abastecimento de água de uma cidade.
As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (4)
 
Colubrina: Este era um precursor para o canhão moderno.
As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (3)
 
Estrepes: Estes picos eram feitos a partir de pregos dobrados ou de outros metais. Eles eram usados ​​para retardar o avanço de cavalos, camelos, elefantes e soldados humanos.
As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (2)
 
Punhal Triplo: Não só esse punhal tem três lâminas, mas tinha também uma mola para que pudesse irromper em um momento crucial durante uma luta.
As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (15)
 

Arbalest: Eles foram o antepassado da besta moderna. Eram muito maiores e um arbalestier hábil poderia disparar duas flechas por minuto. Alguns acreditavam que essa armas era injusta, uma vez que poderia derrubar um cavaleiro ou soldado que tinha uma vida inteira de treinamento.

As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (1)
 

Espada Quebradoras: Os pequenos “dentes” construído neste tipo de espada eram usados ​​por lutadores qualificados. Eles prendiam as lâminas de seus oponentes nestes slots e quebravam elas torcendo sua própria espada.

As-armas-medievais-mais-terríveis-e-mortais-Resumo-da-Net (13)
 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *